... Hospede o seu site com a ArmazemWeb ..

Tá estressado ? Chalé, Natureza e descanso... ..... Usuários online .....Tá estressado ? Chalé, Natureza e descanso...



Veja também: Mata Atlântica / Cerrado / Amazônia / Expansão do plantiu Cana / Pantanal / Home

Tudo sobre a Caatinga

Clima e Relevo da Caatinga

Código Florestal da Caatinga

Conservação da Caatinga

Fauna e Flora da Caatinga

Legislação da Caatinga

Frutas da Caatinga

Tipos de Caatingas

Leis de Crimes Ambientais contra a Caatinga

Vegetação da Caatinga

É o único bioma exclusivamente brasileiro , o que significa que grande parte do seu patrimônio biológico não pode ser encontrado em nenhum outro lugar do planeta. A caatinga ocupa uma área de cerca de 750.000 km², cerca de 11% do território nacional englobando de forma contínua parte dos estados do Maranhão , Piauí , Ceará , Rio Grande do Norte , Paraíba , Pernambuco , Alagoas , Sergipe , Bahia e parte do Norte de Minas Gerais (Sudeste do Brasil ).

Antigamente acreditava-se que a caatinga seria o resultado da degradação de formações vegetais mais exuberantes, como a Mata Atlântica ou a Floresta Amazônica . Essa crença sempre levou à falsa idéia de que o bioma seria homogêneo, com biota pobre em espécies e em endemismos, estando pouco alterada ou ameaçada, desde o início da colonização do Brasil, tratamento este que tem permitido a degradação do meio ambiente e a extinção em âmbito local de várias espécies, principalmente de grandes mamíferos , cujo registro em muitos casos restringe-se atualmente à associação com a denominação das localidades onde existiram. Entretanto, estudos e compilações de dados mais recentes apontam a caatinga como rica em biodiversidade e endemismos, e bastante heterogênea. Muitas áreas que eram consideradas como primárias são, na verdade, o produto de interação entre o homem nordestino e o seu ambiente, fruto de uma exploração que se estende desde o século XVI .

A vegetação da caatinga é adaptada às condições de aridez (xerófila). Quanto à flora , foram registradas até o momento cerca de 1000 espécies, estimando-se que haja um total de 2000 a 3000 plantas. Com relação à fauna , esta é depauperada, com baixas densidades de indivíduos e poucas espécies endêmicas. Apesar da pequena densidade e do pouco endemismo, já foram identificadas 17 espécies de anfíbios , 44 de répteis , 695 de aves e 120 de mamíferos , pouco se conhecendo em relação aos invertebrados . Descrições de novas espécies vêm sendo registradas, indicando um conhecimento botânico e zoológico bastante precário deste ecossistema , que segundo os pesquisadores é considerado o menos conhecido e estudado dos ecossistemas brasileiros.

Biodiversidade da caatinga, ecossistema, espécies ameaçadas de extinção, Plantas ameaçadas de Extinção na Caatinga.

Além da importância biológica, a caatinga apresenta um potencial econômico ainda pouco valorizado. Em termos forrageiros, apresenta espécies como o pau-ferro , a catingueira verdadeira, a catingueira rasteira, a canafístula , o mororó e o juazeiro que poderiam ser utilizadas como opção alimentar para caprinos , ovinos , bovinos e muares . Entre as de potencialidade frutífera, destacam-se o umbú , o araticum , o jatobá , o murici e o licuri e, entre as espécies medicinais, encontram-se a aroeira , a braúna , o quatro-patacas , o pinhão , o velame , o marmeleiro , o angico , o sabiá , o jericó , entre outras.

Porém, este patrimônio nordestino encontra-se ameaçado. A exploração feita de forma extrativista pela população local, desde a ocupação do semi-árido, tem levado a uma rápida degradação ambiental. Segundo estimativas, cerca de 70% da caatinga já se encontra alterada pelo homem, e somente 0,28% de sua área encontra-se protegida em unidades de conservação . Estes números conferem à caatinga a condição de ecossistema menos preservado e um dos mais degradados.

Fauna e Flora, anfíbios répteis aves invertebrados e mamíferos da Caatinga.

Como conseqüência desta degradação, algumas espécies já figuram na lista das espécies ameaçadas de extinção do IBAMA . Outras, como a aroeira e o umbuzeiro, já se encontram protegidas pela legislação florestal de serem usadas como fonte de energia, a fim de evitar a sua extinção . Quanto à fauna, os felinos ( onças e gatos selvagens), os herbívoros de porte médio ( veado catingueiro e capivara ), as aves ( ararinha azul , pombas de arribação ) e abelhas nativas figuram entre os mais atingidos pela caça predatória e destruição do seu habitat natural.

Caatinga - Tudo sobre a caatinga - bioma caatinga brasileiro exclusivo do nordeste.

Para reverter este processo, estudos da flora e fauna da caatinga são necessários. Neste sentido, a Embrapa Semi-Árido, UNEB e Diretoria de Desenvolvimento Florestal da Secretaria de Agricultura da Bahia aprovaram o projeto "Plantas da Caatinga ameaçadas de Extinção: estudos preliminares e manejo", junto ao Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA), que tem por objetivo estudar a fenologia, reprodução e dispersão da aroeira do sertão, quixabeira, imburana de cheiro e baraúna na Reserva Legal do Projeto Salitre, Juazeiro, Bahia. Este projeto contribuirá com importantes informações sobre a biologia destas plantas e servirá de subsídios para a elaboração do plano de manejo destas espécies na região.